Ratinho Jr reúne prefeitos para harmonizar medidas contra a Covid-19

Em videoconferência, governador reforçou a necessidade das medidas de prevenção



O governador Ratinho Junior realizou reuniões por videoconferência neste sábado (28) e domingo (29) com 20 prefeitos das maiores cidades paranaenses. O objetivo foi reforçar a necessidade de aplicação das medidas que foram adotadas no Estado para a prevenção ao novo coronavírus, além de trocar experiências e alinhar as ações conjuntas de enfrentamento à Covid-19 no Paraná.


Ratinho Junior detalhou as iniciativas já tomadas pelo governo estadual, em especial nas áreas da saúde, ação social e economia, para preservar vidas e empregos. São R$ 300 milhões para atender a população mais necessitada e R$ 1 bilhão para apoiar empreendedores e empresas de todos os portes.


“É preciso haver uma sincronia e troca de experiências neste momento em que enfrentamos um vírus perigoso, que implica na saúde das pessoas e na economia do Estado e do país. A orientação harmonizada previne erros e ajuda a realizar a nossa principal missão, que é salvar vidas neste momento”, disse Ratinho Junior.


Outro tema debatido foi a questão do abastecimento e distribuição de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade, que devem ser atendidas em conjunto pelo Estado e município. Ratinho Junior solicitou aos prefeitos que mantenham o transporte público, que é fundamental para que setores econômicos autorizados sigam o ritmo de trabalho.


O governador reafirmou que é preciso respeitar a recomendação de funcionamento apenas de atividades essenciais e seguir a orientação das autoridades brasileiras e internacionais de saúde, que indicam a necessidade de isolamento social para conter a proliferação do vírus. “São medidas para evitar uma ação mais aguda, que é a quarentena”, afirmou Ratinho Junior.


SAÚDE – O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, participou das videoconferências e mostrou como está a estrutura de atendimento médico-hospitalar no Paraná. Ele fez um balanço do número de leitos disponíveis para serem usados em caso de necessidade e também falou sobre a distribuição de materiais para as equipes médicas.


“Imediatamente, está sendo ampliado em 25% a capacidade de leitos de UTI para adultos”, pontuou o secretário. Ele destacou ainda aos prefeitos que leitos novos estão sendo distribuídos para as macrorregiões e o governo estadual está firmando parcerias com hospitais filantrópicos e particulares para o aumentar a oferta, se houver necessidade de ampliar o atendimento de pacientes com a Covid-19


ALINHAMENTO – O chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Guto Silva, pediu a todos os prefeitos que mantenham atualizados os Planos de Contingência municipais. “Isso vai facilitar a atuação dos órgãos estaduais, em especial a Defesa Civil, no enfrentamento de uma crise”, disse.


O secretário de Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares, detalhou a operação policial e as medidas adotadas pela área dentro de cadeias e presídios, enquanto o secretário da Agricultura de Abastecimento, Norberto Ortigara, detalhou o planejamento para que nenhuma pessoa sofra com falta de alimentos no Estado.


Além da retaguarda de saúde e manutenção da atividade econômica, as principais demandas dos prefeitos foram com relação à manutenção das receitas municipais, para fazer frente ao enfrentamento do novo coronavírus. Foram encaminhadas solicitações como a antecipação de receitas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e prorrogação do pagamento de precatórios.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest