Médico implanta sistema de teleorientação gratuita sobre Coronavírus

A equipe, que inclui cirurgião do aparelho digestivo, cardiologista, psiquiatra, dermatologista, ginecologista, nutricionista, entre outros - utilizam um software para tirar dúvidas dos pacientes, que precisam apenas ter um computador com câmera e agendar o seu horário pelo telefone de contato.

Em plena pandemia mundial do novo coronavírus (COVID-19), o atendimento médico online e a telemedicina tornaram-se ferramentas importantes. Em uma Clínica de Curitiba, a equipe médica está oferecendo teleorientação gratuita, de até 15 minutos, com agendamento marcado.


O objetivo é orientar pacientes e evitar deslocamentos. A equipe, que inclui cirurgião do aparelho digestivo, cardiologista, psiquiatra, dermatologista, ginecologista, nutricionista, entre outros - utilizam um software para tirar dúvidas dos pacientes, que precisam apenas ter um computador com câmera e agendar o seu horário pelo telefone de contato.


A plataforma foi desenvolvida há nove meses para orientar pacientes em período de pré e pós-operatório que moram longe. Com a pandemia do Coronavírus - COVID-19 a procura pelo serviço triplicou.


"Não é consulta médica, que depende de anamnese, exames físicos, contato com o médico e receituário. Nós estamos apenas orientando os pacientes que têm dúvidas e não podem sair de casa neste momento", conta o cirurgião Alcides Branco Filho, idealizador do projeto.


"Colocamos nosso sistema e equipe à disposição da crise para contribuir com atendimentos domiciliares, oferecer segurança e evitar que o paciente tenha que se deslocar ao médico por uma pequena dúvida ou algo que possa ser resolvido com uma simples orientação", reforça Alcides Branco, que desenvolveu inicialmente o canal online para contato com pacientes que moram no Iraque, Estados Unidos, Nova Zelândia, Europa e outros estados do Brasil e foram operados por ele.


COMO FUNCIONA - O primeiro passo para agendar a orientação é entrar em contato pelo serviço de mensagem do telefone da Clínica (WhatsApp) e dizer qual especialidade deseja. A equipe de atendimento fará o agendamento das 8h00 às 11h30 e das 14h às 18h30. Após agendamento, o paciente e o médico terão contato através de um computador com câmera e um protocolo exclusivo de atendimento, o médico orienta o paciente sem qualquer custo.


"Colocamos nosso sistema e equipe à disposição da crise para contribuir com atendimentos domiciliares, oferecer segurança e evitar que o paciente tenha que se deslocar ao médico por uma pequena dúvida ou algo que possa ser resolvido com uma simples orientação",


Entre as orientações mais procuradas estão dúvidas sobre como agir em uma família em que existe pessoas com risco de contaminação ou contaminadas, como deve agir o paciente portador de doença crônica como diabetes ou hipertensão em caso de coronavírus. Já o paciente que realizou cirurgia recentemente também está sendo orientado sobre cuidados, descontaminação do ambiente familiar e o que fazer em caso de dor abdominal pós-cirúrgica, febre, vômito, diarreia e outros.


CORONAVÍRUS - Em função do novo coronavírus - que possui alta capacidade de contaminação, disseminação pelo contato e que a exclusão social passa a ser determinante para evitar a transmissão - a ferramenta tem ajudado muitos pacientes.


"Neste momento em que o mundo precisa dar atenção à saúde da população, quanto mais nos isolarmos, menos complicação teremos. Os países que não tiveram este cuidado estão pagando um preço alto. É o dever do médico estar próximo ao paciente e com a teleorientação e a internet conseguimos fazer isso sem qualquer risco", completa Alcides.


https://clinicaalcidesbranco.com.br/

21 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest