Fabricação clandestina de álcool gel levanta alerta para risco à saúde

O suposto álcool gel produzido clandestinamente pode não ter a eficiência desejada, pois não passou pelo devido processo de fabricação e controle de qualidade


Crédito: Vigilância Sanitária

Nesta terça-feira (24), a Polícia Civil do Paraná prendeu cinco pessoas suspeitas de fabricar e vender de forma clandestina “álcool gel”. Três pessoas foram presas em Curitiba e outras duas em Araucária, no barracão onde ocorria a fabricação clandestina. A Vigilância Sanitária de Araucária interditou temporariamente o barracão, que fica na Avenida Independência, e o responsável pela empresa pode receber advertência, multa, interdição temporária ou definitiva do local. Da parte policial, os acusados podem ser condenados a até 15 anos de prisão. O suposto álcool gel produzido clandestinamente pode não ter a eficiência desejada, pois não passou pelo devido processo de fabricação e controle de qualidade.


Conforme informações da Polícia Civil, em Curitiba forma apreendidos 50 frascos desse produto fabricado de maneira clandestina e no barracão havia dezenas de toneis, insumos para fabricação de “álcool gel”, etiquetas e outros equipamentos para produção. Entre os crimes previstos neste caso estão: estelionato, falsificação, corrupção e adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.


COMPLEMENTO – O uso do álcool gel (o verdadeiro!) não substitui a necessidade de lavar corretamente as mãos com água e sabão; prática que é considerada a mais eficiente para evitar o novo Coronavírus e diversos problemas de saúde. Assim, o álcool gel é apenas um complemento para melhorar a higienização das mãos (e ainda se utilizado corretamente!).


A Secretaria Municipal de Saúde de Araucária alerta que o uso de produtos falsificados expõe as pessoas a correr risco de saúde. Neste período em que as pessoas estão preocupadas com o novo Coronavírus, é preciso tomar cuidado redobrado, porque há pessoas que buscam ganhar dinheiro com o pânico dos outros. Fique em casa e lave as mãos com frequência. Isso não tem erro.



Fonte: Prefeitura de Araucária.

Últimas Notícias