Professores gravam aulas e abrem chats para dar continuidade a cursos

A tecnologia da informação é aliada na quarentena contra a covid-19. Com aulas presenciais, os cursos estavam iniciando o seu primeiro semestre


No que depender da equipe da Gibiteca de Curitiba, alunos inscritos em seus cursos poderão assistir às aulas em casa, na frente do computador e observando os cuidados contra a covid-19. É o caso do público da modalidade “Quadrinhos para Crianças”, com o professor Ariel da Cunha. Vídeos sobre os conteúdos previstos já estão sendo gravados e enviados por ele, para a garotada, na mesma hora em que começariam as aulas presenciais.


Moradores do Centro Cívico, os irmãos Eduardo Marcos e Édson Marcos de Oliveira Filho fazem parte do grupo. “Foi uma festa quando o professor Ariel avisou que mandaria os vídeos. Por causa da pandemia, eles estavam em casa há uma semana e já não tinham ido na aula anterior. Estavam tristes”, disse a mãe dos meninos, a professora de Educação Especial Gláucia Patucci de Oliveira.


Ela contou que, no sábado (21/3), os filhos levantaram cedo, se vestiram e tomaram café como se estivessem indo para a Gibiteca, que funciona no Centro Cultural Solar do Barão. “E não vão perder nenhuma aula. Inclusive dá pra notar que eles estão mais sensíveis e focados na aprendizagem, o que é um lado bom dessa fase difícil da reclusão e das adaptações que todos precisamos fazer”, completou.


A distância

Também estão em fase de preparação as aulas dos cursos de “Roteiro para Quadrinhos”, “Modelo Vivo”, “Ilustração Digital” e “Aquarela e Desenho Artístico”. Os alunos serão informados com antecedência, para poderem se organizar e acompanhar as aulas iniciadas neste mês.


O primeiro está sendo organizado pela professora Mylle Silva e deverá acontecer via chat. O segundo, com Thiago Salsedo, deverá reunir até 100 alunos dos sete estúdios do coletivo Figure pelo aplicativo Zoo.


Para turmas de Básico e Intermediário, o de “Ilustração Digital” será ministrado pelo skype por Marcelo Lopes e Ivan Soria. Já o de “Aquarela e Desenho Artístico”, com a professora Hosana Cristina, será dado com ajuda de imagens digitalizadas em PDF.


Futuros alunos, aula pública

A Gibiteca também pensa em quem ainda não é aluno dos seus 23 cursos. Para eles, que gostam de desenho mas ainda não tomaram a decisão de se matricular, está disponível um vídeo sobre Introdução à HQ.


A iniciativa é do quadrinista e coordenador da Gibiteca, Fúlvio Pacheco, e do cinegrafista Erik Jason. “A ideia é dar uma aula básica sobre Quadrinhos, agregando um pouco de teoria”, conta Fúlvio.


A aula pode ser vista na página da Gibiteca no Facebook e no Instagram . “É só nos acompanhar e aproveitar esta oportunidade”, convida.


Fonte: Prefeitura de Curitiba.

19 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest