Festival de Cannes é adiado por conta do coronavírus, dizem organizadores

O adiamento segue semanas de especulação sobre se o festival, que atrai milhares de cineastas, celebridades e executivos para a cidade, aconteceria em maio

Crédito: Eric Gaillard/ Reuters

O Festival de Cinema de Cannes, o maior do mundo, foi forçado a adiar sua próxima edição, marcada originalmente para maio, devido à pandemia de coronavírus, anunciaram os organizadores do evento anual na Riviera francesa nesta quinta-feira.


O adiamento segue semanas de especulação sobre se o festival, que atrai milhares de cineastas, celebridades e executivos para a cidade, aconteceria entre 12 e 23 de maio.


“Neste momento de crise sanitária global, nossos pensamentos estão com as vítimas da Covid-19 e expressamos solidariedade a todos que estão combatendo a doença”, diz a nota.


A França está no terceiro dia de isolamento com o objetivo de conter a propagação do coronavírus. Cerca de 11 mil casos foram oficialmente diagnosticados e 372 pessoas morreram.


Os organizadores, que haviam nomeado o diretor norte-americano Spike Lee como presidente do júri neste ano, disseram que várias novas datas estavam sendo avaliadas, incluindo no final de junho e no início de julho.


Não é a primeira vez que o festival é adiado. Seu evento inaugural em 1939 foi abreviado após a exibição de abertura de “O Corcunda de Notre Dame”, por causa da invasão da Polônia pela Alemanha no dia seguinte. Os prêmios foram eventualmente distribuídos em 2002.


Fonte: Reuters.

Últimas Notícias