banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Pesquisa aponta perspectiva dos meios de hospedagem até junho deste ano

O levantamento do Ministério do Turismo destaca ainda o desempenho dos estabelecimentos no último trimestre de 2019

Crédito: Beto Garavello/MTur

Mais de 70% dos empresários de meios de hospedagem no Brasil pretendem investir em seus empreendimentos até junho deste ano e 24,4% dos estabelecimentos planejam aumentar o número de funcionários. É o que afirma sondagem realizada pelo Ministério do Turismo, no mês de janeiro.


Em relação à demanda pelos serviços ofertados, 43,5% preveem crescimento no primeiro semestre, e 48,7% projetam alta no faturamento. A rentabilidade do setor também foi aferida: cerca de 40% dos empreendedores acreditam em um cenário de estabilidade no período. Quanto ao gasto de turistas, 35,7% dos consultados indicaram perspectiva de elevação até junho deste ano.


Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a sondagem confirma os resultados já conquistados na área, principalmente na geração de empregos e no incremento da oferta turística nacional. Álvaro Antônio reforça ainda a importância de pesquisas como essa no sentido de mensurar os resultados de políticas públicas desenvolvidas pelo governo federal.


“Os indicadores demonstram o otimismo do setor hoteleiro em investir no turismo nacional. O segmento de hospedagem é de extrema relevância para o turismo e, por isso, funciona como um termômetro para medir o desempenho do setor como um todo. O aumento da geração de empregos já é realidade comprovada”, destaca o ministro.


DESEMPENHO - A sondagem também mapeou o desempenho dos meios de hospedagem avaliados no último trimestre de 2019. Mais de 37% tiveram aumento da demanda por serviços, e 40% indicaram alta no faturamento. O número de empregados também cresceu. Cerca de 25% dos empresários informaram alta no número de funcionários entre outubro, novembro e dezembro do ano passado.


PESQUISA - A Sondagem Empresarial dos Meios de Hospedagem no Brasil é promovida pela Subsecretaria de Inovação e Gestão do Conhecimento do MTur. São consultados empreendimentos de todos os portes, entre hotéis, pousadas, resorts e acampamentos turísticos. O objetivo é medir a percepção dos empresários quanto à economia do turismo e, desta forma, orientar políticas públicas para o fomento do setor.


Ao todo, 693 empresários do ramo hoteleiro de todas as Unidades Federativas do Brasil responderam às perguntas durante o mês de janeiro de 2020. A pesquisa teve apoio das secretarias e órgãos estaduais de Turismo e de entidades representativas do segmento.


Fonte: MTur

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest