Alunos da Uninter do presencial e do semipresencial terão aulas on-line ao vivo


O Centro Universitário Internacional UNINTER, a maior instituição de ensino de Curitiba e uma das maiores do Brasil, com cerca de 250 mil alunos, diante da pandemia do coronavírus, decidiu, a partir desta segunda-feira, dia 16 de março até o dia 28 de março, ministrar as aulas para seus alunos de graduação e pós-graduação presenciais e semipresenciais em suas sedes em Curitiba apenas na forma virtual.


As aulas serão ao vivo, porém os alunos estarão conectados em seus computadores, notebooks, tablets e smartphones nos mesmos horários em que as aulas ocorreriam presencialmente, em suas casas, locais de trabalho ou até mesmo os laboratórios de informática da própria instituição.


Quanto aos alunos na modalidade a distância, que são mais de 95 % dos matriculados da Uninter, não haverá nenhuma alteração no calendário acadêmico, já que todos estudam on-line em mais de 700 cidades do Brasil e nos Estados Unidos. Os alunos do EJA, Educação de Jovens e Adultos, também terão aulas on-line não precisando ir aos Polos de Apoio Presencial.


Com essas medidas estaremos contribuindo para a não difusão do coronavírus e, nossos alunos presenciais e semipresenciais, não terão nenhum prejuízo acadêmico, já que as aulas serão ministradas pelos professores ao vivo em salas virtuais dentro do nosso AVA, Ambiente Virtual de Aprendizagem. Assim vamos cumprir com o calendário acadêmico sem maiores contratempos, dando segurança aos professores e alunos – salienta do Prof. Benhur Gaio, Reitor da Uninter.


A Uninter é uma instituição de ensino superior da mais avançada tecnologia de ensino a distância, com alunos em todo o território nacional e no exterior. Oferece 120 cursos superiores de graduação, nas áreas de educação, administração, comunicação, segurança, jurídica, saúde e engenharia, e mais de 220 cursos de pós-graduação. Apesar da crise do coronavírus, o ensino a distância e presencial da Uninter continua operando normalmente não ocasionando concentrações de estudantes que pode causar a difusão da doença.

Últimas Notícias