Ministro da Saúde recomenda a Bolsonaro novo teste de coronavírus

Presidente anunciou nesta sexta que primeiro teste deu resultado negativo



O presidente Jair Bolsonaro deve ser submetido a um novo teste para a detecção do novo coronavírus, informou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que recomendou a repetição do exame ao presidente. O protocolo prevê que esse exame seja realizado em até sete dias. "Caso tenha sintomas, [pode ser feito] a qualquer momento", disse Mandetta.


O primeiro teste foi feito nesta quinta-feira (12) por um laboratório particular, com base em material coletado por uma equipe do Hospital das Forças Armadas no Palácio da Alvorada, em Brasília. Nesta sexta (13), Bolsonaro anunciou em rede social que o teste tinha dado resultado negativo.


Enquanto o novo exame não é realizado, Bolsonaro deve cumprir isolamento domiciliar no Alvorada, onde mora com a primeira-dama Michelle e a filha Laura.


As agendas divulgadas pelo Palácio do Planalto para sábado (14), domingo (15) e segunda (16) trazem o mesmo comunicado: "sem compromisso oficial".

30 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest