banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Bolsa tem negócios suspensos pela 2ª vez na semana

Ibovespa caiu 10,11% com a declaração da OMS de pandemia do coronavírus



O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, voltou a fechar em forte queda nesta quarta-feira (11), em um pregão marcado pelo segundo circuit breaker da semana (interrupção das negociações). O pregão ficou suspenso por 30 minutos e foi retomado com recuos que chegaram a 12%.


O circuit breaker foi acionado após a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Os investidores também seguem preocupados com a queda no preço do petróleo.


O Ibovespa fechou em queda de 7,64%, 85.171 pontos. Veja mais cotações. Às 15h14, Ibovespa recuou 10,11%, a 82.887 pontos, quando as negociações foram interrompidas por 30 minutos. Na mínima do dia, o índice chegou a 80.795 pontos.


Pela regra da B3, quando a queda passa de 10% é acionado automaticamente o circuit breaker, mecanismo que interrompe as negociações de papéis por 30 minutos. Na segunda-feira (9), logo pela manhã, os negócios também foram suspensos, quando o Ibovespa recuou 10,02%.


Numa mesma sessão, o circuit breaker só é acionado pela segunda vez se a queda chegar a 15%. Nesse caso, a paralisação é de 1 hora.

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest