banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Arcadas das Ruínas de São Francisco vão ganhar ateliê de luteria

Estudantes vão aprender a restaurar e construir instrumentos musicais



A região das Ruínas de São Francisco vem ganhando novos ares e vocação. Após o restauro do Belvedere, que abriga um café-escola e a Academia Paranaense de Letras, a região vai receber a Oficina Escola – Luteria Curitibana.


A arte do restauro e construção de instrumentos musicais de corda, chamada de luteria, é uma atividade bem conhecida na Europa e América do Norte, mas apesar de tradicional, não é muito popular no Brasil.


A parceria foi firmada durante um encontro, nesta sexta-feira, 6/3, no Belvedere, que reuniu o prefeito Rafael Greca, a presidente do Instituto Municipal de Turismo (IMT), Tatiana Turra, a assessora de projetos do IMT, Tatiana Neves, o coordenador do curso Tecnologia em Luteria da UFPR, Juarez Bergmann, um dos fundadores do curso e professor, Guilherme Romanelli, a luthière Pollyanna Vicenzi; o luthier Thales Barros e, representando a Embrapa Florestas, Ieda Malheiros.


“A transformação da madeira de reuso em instrumentos musicais contribui para a harmonia que nós queremos, que seja um sinal da tradição e da inovação em Curitiba”, disse Greca.


O espaço vai ser uma extensão do curso de fabricação de instrumentos musicais da UFPR, apoiado pela Prefeitura através do Instituto Curitiba de Artes e Cultura de Curitiba (Icac ), do Instituto Municipal de Turismo e da Fundação Cultural de Curitiba. O que antes acontecia nos galpões, distante dos olhos populares, vai poder ser apreciado e acompanhado por quem passear pelo local.


Madeira nas Arcadas


As Ruínas de São Francisco vão se transformando em uma galeria de arte da madeira, criando uma nova vocação para a região. No final do ano passado foi inaugurado a loja do projeto “Madeira nas Arcadas, das florestas ao design sustentável”, onde são vendidos objetos de arte e design, feitos com madeira reaproveitadas de podas urbanas e reflorestamento.


“Este é o conceito de uma cidade inteligente, que interliga o uso da madeira de reuso, cultura, educação, música e turismo em um único lugar”, disse Tatiana Turra, presidente do IMT.


O único curso superior de Tecnologia em Luteria do Brasil é oferecido pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), desde 2009, e ter um espaço dedicado a luteria, em um local privilegiado da cidade, está sendo comemorado pela instituição. “O impacto de um ateliê no coração do Largo da Ordem vai ser incrível”, comemora Guilherme Romanelli, professor da UFPR.

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest