Arcadas das Ruínas de São Francisco vão ganhar ateliê de luteria

Estudantes vão aprender a restaurar e construir instrumentos musicais



A região das Ruínas de São Francisco vem ganhando novos ares e vocação. Após o restauro do Belvedere, que abriga um café-escola e a Academia Paranaense de Letras, a região vai receber a Oficina Escola – Luteria Curitibana.


A arte do restauro e construção de instrumentos musicais de corda, chamada de luteria, é uma atividade bem conhecida na Europa e América do Norte, mas apesar de tradicional, não é muito popular no Brasil.


A parceria foi firmada durante um encontro, nesta sexta-feira, 6/3, no Belvedere, que reuniu o prefeito Rafael Greca, a presidente do Instituto Municipal de Turismo (IMT), Tatiana Turra, a assessora de projetos do IMT, Tatiana Neves, o coordenador do curso Tecnologia em Luteria da UFPR, Juarez Bergmann, um dos fundadores do curso e professor, Guilherme Romanelli, a luthière Pollyanna Vicenzi; o luthier Thales Barros e, representando a Embrapa Florestas, Ieda Malheiros.


“A transformação da madeira de reuso em instrumentos musicais contribui para a harmonia que nós queremos, que seja um sinal da tradição e da inovação em Curitiba”, disse Greca.


O espaço vai ser uma extensão do curso de fabricação de instrumentos musicais da UFPR, apoiado pela Prefeitura através do Instituto Curitiba de Artes e Cultura de Curitiba (Icac ), do Instituto Municipal de Turismo e da Fundação Cultural de Curitiba. O que antes acontecia nos galpões, distante dos olhos populares, vai poder ser apreciado e acompanhado por quem passear pelo local.


Madeira nas Arcadas


As Ruínas de São Francisco vão se transformando em uma galeria de arte da madeira, criando uma nova vocação para a região. No final do ano passado foi inaugurado a loja do projeto “Madeira nas Arcadas, das florestas ao design sustentável”, onde são vendidos objetos de arte e design, feitos com madeira reaproveitadas de podas urbanas e reflorestamento.


“Este é o conceito de uma cidade inteligente, que interliga o uso da madeira de reuso, cultura, educação, música e turismo em um único lugar”, disse Tatiana Turra, presidente do IMT.


O único curso superior de Tecnologia em Luteria do Brasil é oferecido pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), desde 2009, e ter um espaço dedicado a luteria, em um local privilegiado da cidade, está sendo comemorado pela instituição. “O impacto de um ateliê no coração do Largo da Ordem vai ser incrível”, comemora Guilherme Romanelli, professor da UFPR.

26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest