Feira Estopim traz publicações independentes e impressos de artistas

Eventos gratuitos serão realizados no Espaço Alfaiataria



A Feira da Baronesa, criada em 2014 pelos artistas Guilherme Jaccon e Luana Navarro, que teve quatro edições independentes realizadas em Curitiba, mudou de nome, agora se chama ESTOPIM e será realizada no espaço da Alfaiataria (Rua Riachuelo, 274 – Centro / www.alfaiataria.art). O foco segue sendo a comercialização de trabalhos impressos e publicações de artistas, coletivos e editoras independentes, com o intuito de viabilizar ao público a criação de um “acervo possível” com obras de arte de qualidade com valor acessível.


“Acreditamos que uma feira de publicações independentes é um lugar de conexões, trocas e transbordamentos, um espaço que cria um contexto afetivo e, ao mesmo tempo, explosivo. O nome anterior fazia sentido em um tempo/espaço antigos, surgiu da relação com o local onde foi realizada pela primeira vez, o Solar do Barão, no Brasil de 2020 achamos que Estopim faz mais sentido com o que vivemos e atravessamos hoje”, explica Luana Navarro, uma das coordenadoras da Estopim.


A nova edição acontece dias 04 e 05 de abril e irá comercializar trabalhos de cerca de 40 artistas de distintos contextos, mas a programação não se resume à Feira, afinal estopim é um acontecimento que gera uma série de outros fatos, a cada ano ela vem se ampliando, começa este mês (março) e se estende até junho com exposições, oficinas, conversas e lançamentos de publicações. Todos os eventos são gratuitos.


A Feira irá reunir zines, cartazes, publicações, gravuras, fotolivros, postais, livros, fotografia, jornais, publicações e serigrafia. Entre os participantes estão: Lote 42, Clube Lesbos, Membrana, Ana Gonzalez, Monstro dos Mares, Editora Barbante, Editora Medusa e outros.


“Nos interessa o papel, e as pessoas/artistas/coletivos/pequenas editoras que estão experimentando novas possibilidades e criando trabalhos que muitas vezes não encontram categorização específica”, pontua Guilherme Jaccon, um dos coordenadores e produtores do evento.


Um dos destaques da programação é a abertura da exposição O INESPERADO SÓ TEM NOME DEPOIS QUE APARECE, com curadoria de Luana Navarro e Guilherme Jaccon. Será em março, dia 18, às 19h, na Alfaiataria. Além dos trabalhos selecionados na chamada aberta, que contemplou artistas, coletivos e editoras independentes com publicações realizadas a partir de 2013, a exposição é composta por uma seleção especial do colecionador e entusiasta do universo dos impressos e publicações Mel Gibss e também por trabalhos que fazem parte do acervo da Biblioteca Estopim, espaço que integra a Alfaiataria / https://www.alfaiataria.art/estopim


Está previsto também no dia 19 de março, às 19h, na Alfaiataria, a exibição do documentário IMPRESSÃO MINHA (roteiro e direção Daniel Salaroli, Gabriela Leite João Rabello) com roda de conversa sobre as feiras locais.


A programação inclui 8 oficinas ao longo dos 4 meses. Em março: ZINE-SE com Emanuela Siqueira, doutoranda em Estudos Literários pela UFPR com pesquisa em Estudos Feministas na tradução e nas críticas literárias e de cinema, será a primeira, está marcada para os dias 10 e 11 de março (19h) / Local: Alfaiataria. A ideia é conhecer um pouco da história do fanzine focando nas mulheres que sempre estiveram na história editando e organizando esse tipo de publicação.


Na sequência, dias 14 e 15 de março (9h às 12h e das 13h às 16h) / Local: OSSA Obra Social Santo Aníbal / Vila União Ferroviária, Rua Dr. Magnus Sondahl, 250 – Uberaba. Os artistas Renata Roel e Tuca Kawai ministram a oficina MEU CARTAZ EU CARREGO NO CORPO. Destinada a estudantes do ensino médio, o objetivo é propor um ambiente de criação, compartilhamento e experimentação a partir de princípios básicos da técnica da serigrafia, possibilitando vivenciar o passo a passo da gravação serigráfica até a impressão.


Este projeto foi realizado com o apoio da Copel por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná.


Serviço:


FEIRA ESTOPIM (programação completa de março a junho)

Ação Principal - Dias 04 e 05 de abril (sábado e domingo)

Horário: das 11h às 19h

Local: Alfaiataria (Rua Riachuelo, 274 – Centro)

Entrada Gratuita

EXPOSIÇÃO - O INESPERADO SÓ TEM NOME DEPOIS QUE APARECE

Abertura: 18 de março (quarta)

Horário: 19h

Últimas Notícias