Litoral permanece com três pontos impróprios para banhos

São monitorados 49 pontos no litoral do Paraná



O Instituto Água e Terra divulga nesta sexta-feira (21) o 10º e último Boletim de Balneabilidade da temporada de verão. Os pontos impróprios se mantêm como a semana passada: Rio Nhundiaquara, no Largo Lamenha Lins, em Morretes, Ponta da Pita, em Antonina, e o Rio Marumbi, próximo à ponte Estrada Anhaia. No Interior não houve nenhum local impróprio nessa temporada.


Apesar dos pontos impróprios no Litoral por conta das chuvas, a maioria dos locais apresenta boa qualidade nessa temporada. “O investimento em saneamento é o motivo para a qualidade na maioria dos pontos”, diz a gerente de Licenciamento Ambiental do Instituto Água e Terra, Ivonete Coelho.


Anualmente, técnicos do instituto monitoram a qualidade das águas no período de maior fluxo de veranistas para avaliar a concentração das bactérias Escherichia coli (E.coli) na água. Quanto maior a quantidade, maior a possibilidade da existência de agentes patogênicos que podem colocar em risco a saúde dos banhistas, provocando problemas gastrointestinais, como vômitos e diarreias.


LITORAL – São monitorados 49 pontos: 13 em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, 6 na Ilha do Mel, 3 em Morretes e 2 em Antonina.


O boletim também aponta dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho no Litoral, independentemente da época do ano. No boletim, eles estão destacados em letras maiúsculas.

Últimas Notícias