banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Família busca ajuda para realizar cirurgia de criança com tumor

Alice, de apenas seis anos, luta contra um tumor localizado próximo ao tronco

Reprodução/ Facebook

Uma garotinha de apenas seis anos de idade luta contra um tumor localizado próximo do tronco e que segundo exames mostra estar em um crescimento acelerado, comprometendo a respiração da criança.


Através de uma publicação nas redes sociais, os pais da Alice (Sabrina e Marcelo) relatam a batalha incansável que a família está trilhando desde dezembro de 2017, quando a menor apresentou séries de crises de enjoos e vômitos, sendo diagnosticada com uma lesão no cérebro. Após a ressonância confirmou ser um tumor. No dia 19 do mesmo mês, a pequena foi submetida a uma cirurgia para a retirada do tumor e permaneceu por 18 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ainda no hospital foram constatadas algumas sequelas, e a criança precisou reaprender a se alimentar pela boca, deglutição, falar, andar e visão (estrabismo).


Três meses depois mais duas cirurgias foram necessárias, para a implantação de uma válvula na cabeça. Foram 30 sessões de radioterapia e a família recebeu a informação de que o tratamento surtiu efeito e que o tumor havia sido eliminado. O acompanhamento continuou com ressonâncias a cada seis meses, mas infelizmente a menor voltou a apresentar enjoos repetidos, e ao realizar um novo exame afirmou-se que o tumor já com 3,5 centímetros, apresenta um crescimento acelerado, obstruindo o processo respiratório, devido a estar localizado no tronco.


Com urgência uma nova cirurgia deve ser feita e ela está marcada para o dia 26 de fevereiro na rede pública, porém, ao remover o tumor, parte do cérebro ficará comprometida, podendo trazer mais sequelas ainda mais graves e irreversíveis.


Através de um Neurocirurgião que atende particular, o procedimento deve ser menos invasivo e com um resultado melhor, mas custa cerca de R$ 120 mil.


Doações

Com isso a família pede ajuda para conseguir fazer a cirurgia particular, mas a necessidade de urgência e do valor a ser arrecadado está deixando todos preocupados. Muitos palmeirenses estão engajados na campanha “Todos pela Alice” e promovem ações para arrecadar dinheiro para alcançar o objetivo. Doações podem ser feitas diretamente através de depósito na Sicredi – Agência 0730, Conta Poupança 18167-8, em nome de Marcelo Haniskievic, CPF 031.124.239-17.

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest