banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Vereadores de Curitiba têm salários congelados

Os vereadores votaram a proposta para a próxima legislatura



Os vereadores que serão eleitos em outubro deste ano receberão os mesmos valores que os atuais vereadores recebem mensalmente. Projeto de lei na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) fixa o subsídio bruto dos vereadores da próxima legislatura, de 2021 a 2024, sem reajuste. Não há previsão para votação em plenário.


De iniciativa da Comissão Executiva da CMC, formada pelo presidente Sabino Picolo (DEM) e pelos primeiro e segundo secretários Colpani (PSB) e Professor Euler (PSD), a proposta foi protocolada, nesta segunda-feira (10), após rodadas de conversas com os demais vereadores, “e todos entenderam o momento do país e as dificuldades financeiras pelas quais todos nós estamos passando”.


“O subsídio mensal dos vereadores ficará fixado, em parcela única, no valor de R$ 15.594,73 e o do presidente da Câmara Municipal de Curitiba, em parcela única, no valor de R$ 18.991,00”, diz o artigo 1º do projeto de lei, que condiciona o recebimento dos subsídios ao comparecimento dos vereadores às sessões plenárias e extraordinárias da CMC.

24 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest