Setran orienta motoristas e estudantes para volta às aulas

A Superintendência de Trânsito (Setran) prevê um aumento médio de 30% no número de veículos circulando, principalmente em horários de pico, como 7h e 8h, ao meio dia e às 18h

Levy Ferreira/ SMCS

O dia 12 de fevereiro marcará a volta às aulas de 141 mil alunos da rede municipal de ensino, de 185 escolas e 221 Centros Municipais de Ensino Infantil (CMEIs).


Com isso, a concentração de veículos nas proximidades das escolas se intensifica para a entrada e saída dos estudantes. A Superintendência de Trânsito (Setran) prevê um aumento médio de 30% no número de veículos circulando, principalmente em horários de pico, como 7h e 8h, ao meio dia e às 18h.


“Com o aumento do fluxo de veículos é muito importante respeitar a sinalização e a orientação dos agentes de trânsito assim garantimos às crianças um embarque e desembarque mais seguros”, afirma a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.


“A velocidade máxima próximo a escolas é de 30 km/h e o motorista que desrespeitar a regulamentação indicada nas placas de trânsito pode ser autuado”, reforça Rosangela.


Para orientar os motoristas e os estudantes, nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro a Escola Pública de Trânsito (EPTran) fará operações de abordagem educativas de forma integrada com outros órgãos como Detran-PR, BPTran, Polícia Rodoviária Federal e do Observatório Nacional de Segurança Viária.


Além disso, de 17 fevereiro a 6 de março acontecerão palestras em escolas municipais e também abordagens educativas nas saídas das escolas.


“Serão feitas abordagens educativas em diversas vias da cidade com o objetivo de conscientizar os motoristas que, com a volta às aulas, o trânsito fica mais carregado e por consequência mais lento. Por isso, o motorista deve ter atenção redobrada próximo às escolas e paciência principalmente nos horários de pico”, explica Claudionor Agibert, diretor da Escola Pública de Trânsito.


Durante as blitze educativas serão entregues panfletos que dão dicas de segurança para os alunos e os cuidados que os motoristas devem tomar. Com este trabalho a Setran espera diminuir o número de acidentes e principalmente de atropelamentos.


Confira orientações de trânsito para o período de volta às aulas


Ao passar por unidades escolares, o motorista deve reduzir a velocidade. O limite é de 30 km/h.


Os responsáveis devem redobrar a atenção na hora de deixar e buscar os estudantes na escola, atravessando na faixa de pedestres e segurando a criança pelo pulso - pela mão, ela pode se soltar facilmente.


É proibido parar em fila dupla para embarque e desembarque. Se necessário, estacionar o veículo em local permitido para acompanhar o filho a pé até a entrada da escola.


No interior do veículo, usar o dispositivo de retenção adequado à faixa etária da criança.


Sempre respeitar a sinalização de trânsito de forma a garantir mais segurança a todos.


Fonte: Prefeitura de Curitiba.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest