banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Mais de 130 restaurantes populares garantem alimentação saudável para população vulnerável


Oferecer uma refeição equilibrada, nutritiva e de qualidade, a preços acessíveis para quem mais precisa. Esse é o objetivo do Programa Restaurante Popular, do Ministério da Cidadania, que apoia a construção ou modernização desses espaços em todo o País. Os restaurantes populares são abertos a qualquer cidadão, mas dão prioridade à população de baixa renda, em vulnerabilidade social e em situação de insegurança alimentar e nutricional. O vendedor ambulante Aureliano Lopes de Freitas, de 65 anos, é um dos frequentadores do restaurante popular de Samambaia, no Distrito Federal.


Até 2019, o Ministério da Cidadania apoiou a construção e modernização de 135 restaurantes comunitários, em 107 municípios de 25 dos 27 estados brasileiros. Para o secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, José Roberto Cavalcante, esses são espaços extremamente relevantes já que atendem comunidades com um elevado número de pessoas em situação de miséria ou pobreza.


A gestão, o abastecimento e a supervisão dos restaurantes é de responsabilidade dos governos municipais ou estaduais. Órgãos como o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional e o Conselho de Assistência Social, em geral, ficam responsáveis pela fiscalização dos serviços. Para saber mais sobre a política de segurança alimentar e nutricional do Ministério da Cidadania, acesse cidadania.gov.br.

29 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest