TCE mantém suspenso pregão para manutenção da frota oficial

Carros do governo continuarão sendo atendidos pelo contrato de emergência



Na primeira sessão do ano, realizada na tarde desta quarta-feira (22), o Tribunal Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) homologou a cautelar do conselheiro Fernando Augusto Mello Guimarães que suspendeu, no último dia 7 de janeiro, o pregão 389/2019, para contratação da nova gerenciadora da manutenção da frota do Estado. A medida atendeu o pedido feito pelo deputado estadual Soldado Fruet (PROS) na representação da Lei das Licitações protocolada no TCE no dia 5 de dezembro do ano passado.


O parlamentar questionou alguns itens do edital, como o aumento de quase 50% no valor do novo contrato em relação ao da empresa JMK, que a Operação Peça Chave da Polícia Civil e a CPI presidida por ele na Assembleia Legislativa do Paraná comprovaram estar superfaturado.


Além disso, o deputado pediu a análise dos técnicos do TCE em relação aos percentuais de descontos e reajustes expressivos dos valores da mão de obra para prestação dos serviços. “Meu papel é fiscalizar para evitar o desperdício de dinheiro público”, afirma o Soldado Fruet, lembrando que a JMK teria desviado R$ 125 milhões, segundo a investigação policial.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

24 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale