Eli Iwasa volta a se apresentar em Curitiba neste sábado

DJ encerrou 2019 com uma maratona de 10 grandes festivais pelo mundo



Eli Iwasa passou por uma maratona digna de aplausos em 2019, colhendo os frutos de sua longa trajetória não só como DJ, mas como grande fomentadora da música eletrônica no Brasil. A “Japa do techno” se prepara para se apresentar no sábado, dia 25 em Curitiba, na singular festa Carlos Capslock, que se tornou um dos principais coletivos culturais da capital paulista e chega em Curitiba trazendo Eli para aquecer a pista que receberá na sequência o americano Danny Daze.


Só no ano passado, Eli foi a única jurada brasileira no ADE, maior conferência de música eletrônica do mundo, na Holanda, ao lado de nomes como Todd Terry e Dave Clarke em um contest de DJs (Demolition); e também tocou na festa do label europeu Life and Death. Ela também fez duas tours pela América do Sul, outra na Europa, além de levar o techno a 10 grandes festivais como Rock in Rio, e eventos como DGTL, Photon, Gop Tun, Photon, Frecuencias no Chile, Baum na Colômbia, entre outros. A brasileira é hoje uma das artistas com mais datas fechadas para tocar. São pelo menos 3 gigs toda semana. Graças a esse trabalho consistente, ela ganhou um episódio na série “Quando elas tocam” do Canal BIS e foi indicada ao prêmio de melhor DJ de 2019 pelo Women’s Music Event Awards, maior premiação feminina do país.


Em meio a uma agenda cheia, ela ainda administra dois clubs no interior de São Paulo - o premiado Club 88 e o Caos, que em dois anos se tornou parada obrigatória aos artistas internacionais e nacionais mais relevantes do meio.


Eli vive o auge da carreira no momento em que o Brasil está se tornando uma potência da música eletrônica, consolidando-se como rota dos principais artistas e festivais do mundo, grande parte devido ao trabalho de Eli Iwasa, que desponta há duas décadas como protagonista de um gênero musical que movimenta 7.2 bilhões de dólares por ano no mundo e finalmente ganhou as massas no Brasil. Observando tal crescimento, neste final de semana ela promete levar sua mais fina e diferenciada seleção musical à Curitiba.


“Estou bem empolgada de tocar com ele mais uma vez em Curitiba que é uma cidade que eu amo, que tem uma base super fiel de fãs, então é sempre muito bom voltar à cidade, na Usina que é um lugar que eu amo, com a Capslock que é uma festa que eu adoro e junto com todos esses DJs que eu gosto tanto, então vai ser com certeza aquelas noites de diversão garantida.”, declara Eli Iwasa que completou 20 anos de carreira no último ano.


Serviço

Carlos Capslock 9 JAHRE

Rua Constantino Bordignon, 05 - Prado Velho, Curitiba - PR

Atrações: Danny Daze, Eli Iwasa, Ella Whatt e Tessuto

Data: 25/01 (sábado)

Horário: a partir das 22h55

Ingressos: a partir de R$ 40

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest