Avaliação positiva do governo Bolsonaro sobe para 34,5%, mostra CNT/MDA

Dentre as áreas apontadas como de melhor desempenho do governo nesse primeiro ano de gestão, estão o combate à corrupção, economia e segurança


Adriano Machado/ Reuters


A avaliação positiva do governo do presidente Jair Bolsonaro subiu para 34,5% em janeiro, ante 29,4% em agosto do ano passado, mostrou pesquisa CNT/MDA divulgada nesta quarta-feira.


O levantamento mostrou também que a avaliação negativa caiu para 31%, em comparação com 39,5% em agosto de 2019. A avaliação regular foi a 32,1%, ante 29,1%.


A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.


Já a aprovação ao desempenho pessoal de Bolsonaro avançou para 47,8%, em comparação a 41%, enquanto a desaprovação recuou a 47%, de 53,7% anteriormente.


Dentre as áreas apontadas como de melhor desempenho do governo nesse primeiro ano de gestão, estão o combate à corrupção (30,1%), economia (22,1%) e segurança (22,0%). Os participantes podiam escolher até duas áreas.


Já a saúde, em compensação, é a área avaliada com o pior desempenho do governo durante o primeiro ano, sendo citada por 36,1% dos entrevistados. Em seguida vêm educação (22,9%) e meio ambiente (18,5%). Os entrevistados também podiam escolher duas áreas.


A pesquisa do instituto MDA, para a Confederação Nacional do Transporte (CNT), ouviu 2.002 pessoas entre os dias 15 e 18 de janeiro, em 137 municípios de 25 Unidades da Federação.



Fonte: Reuters.

Últimas Notícias