banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Zoo de Curitiba e Passeio Público registram mais de 70 nascimentos em 2019

Entre os novos moradores, há filhotes de espécies ameaçadas como a arara-azul e o papagaio-da-cara-roxa


Luiz Costa/ SMCS


As equipes responsáveis pelos programas de reprodução fora da natureza no Zoológico de Curitiba, no Alto Boqueirão, e no Passeio Público, Centro, registraram o nascimento de 75 filhotes de diversas espécies de animais ao longo do ano passado.


O destaque é da arara-azul, que causou comoção no anúncio de seu nascimento, em meados de julho, principalmente por ser considerada vulnerável na escala de extinção.


Outros animais de espécies em risco, de acordo com as informações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), fazem parte da lista dos novos habitantes da cidade.


É o caso dos filhotes de marianinha, macaco-aranha-da-cara-preta, três papagaios-do-espírito-santo (chauá), ararajubas, sete guarás, mico-leão-de-cara-dourada, papagaio-de-cara-roxa e duas curicas-violeta.


Lhamas, cervicapras, alpacas e outras araras também estão entre os habitantes nascidos ao longo dos doze meses de 2019.


Para o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Edson Evaristo, alguns fatores explicam mais um ano de sucesso.


“Entre eles, não podemos deixar de citar o ambiente cada vez mais pensado para o bem-estar dos animais, equipe técnica competente e as trocas de experiências possibilitadas pela participação nos grupos nacionais de conservação”, enumerou Evaristo.


Grupos nacionais

Ararajubas e micos-leões-de-cara-dourada são parte dos grupos de trabalho nacionais que o Zoo integra. Das 25 espécies ameaçadas trabalhadas no país, Curitiba mantém oito.


Fazem parte, ainda: muriqui-do-sul; macaco-aranha-da-testa-branca; tamanduá-bandeira; onça-pintada; lobo-guará; e jacutinga.


Os grupos são resultado de um Termo de Cooperação Técnica entre a Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Ministério do Meio Ambiente (MMA).


Para conhecer

O Zoológico de Curitiba fica na Rua João Miqueletto, s/n, no Alto Boqueirão e funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h30.


O Passeio Público, na Rua Presidente Carlos Cavalcanti, s/n, Centro, funciona todos os dias das 6h às 20h.



Fonte: Prefeitura de Curitiba.

27 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest