banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Com mais agilidade nos processos, número de empresas abertas cresce 21%

Com mais agilidade nos processos, número de empresas abertas em Curitiba cresce 21%


Luiz Costa/ SMCS

Curitiba registrou aumento no número de novas empresas em 2019. O total de alvarás expedidos para comércio e prestadores de serviços na capital cresceu 21% na comparação com o ano anterior. Subiu de 27.443 em 2018 para 33.290 documentos expedidos em 2019, segundo dados da Secretaria de Planejamento, Finanças e Orçamento.


A maior velocidade na abertura de empresas e na emissão de alvarás contribuiu para o crescimento. Desde agosto de 2018 com a integração total da Prefeitura de Curitiba à Redesim, o processo para abertura de empresas passou a ser on-line, pelo site Empresa Fácil.


A mudança reduziu a burocracia e deu agilidade aos processos, conforme determinação do prefeito Rafael Greca ainda no início da gestão. Com a integração, 82% dos alvarás de negócios de baixo risco - que não necessitam de vistoria – passaram a ser emitidos pela Prefeitura de Curitiba em até 24 horas após o registro na Junta Comercial.


“A integração dos sistemas deu muita agilidade na emissão de alvarás desde 2018. O tempo médio para abertura de empresas - incluindo o registro na Jucepar, inscrições tributárias e alvarás - passou de 8 dias para 5 dias”, diz Evelize Tarasiuk, gerente de cadastro do departamento de rendas mobiliárias da Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento.


A redução no tempo chegou a 37,5%. Antes da mudança, em casos mais complexos, com necessidade de laudos de vistoria, o alvará demorava até 403 dias para ser emitido.


Como funciona

Atualmente é possível fazer procedimentos on-line para consultas prévias de viabilidade até solicitação de anuências das secretarias municipais de Saúde e do Meio Ambiente e emitir o Alvará de Licença.


No sistema, inicialmente é analisada a compatibilidade de instalação do tipo de atividade solicitada com o zoneamento do município. É a chamada Consulta Prévia de Viabilidade (CPV), que avalia se o imóvel comporta o negócio proposto pelo empreendedor.


Emitida pela Secretaria de Urbanismo, a consulta demorava até 40 dias. Hoje, 70% dos pedidos são respondidos no mesmo dia e 30% em no máximo dois dias.


Uma vez aprovada a viabilidade, empresas cujas atividades são de baixo risco (como escritórios, agências de publicidade, ensino de idiomas e outros) têm o Alvará de Licença expedido poucas horas após o registro e a criação do CNPJ na Junta Comercial e de forma totalmente eletrônica.


Áreas do empreendedorismo

Além da maior facilidade e a menor burocracia para abrir negócios, o empreendedorismo vem crescendo impulsionado pela melhoria das condições econômicas do país. Com a crise econômica nos últimos anos, muita gente perdeu o emprego e teve que buscar alternativas de renda nos últimos anos. Muita gente opta por abrir o próprio negócio.


O levantamento da Secretaria de Planejamento, Finanças e Orçamento, mostra que entre a áreas que mais abriram negócios em 2019 em Curitiba estão promoção de vendas (1.897); preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativos (1.492); cabeleireiros, manicure e pedicure (1.149) e serviços combinados de escritório e apoio administrativo (1.084)


Também se destacaram em número de novos negócios os segmentos de treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial (969); comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (805); lanchonetes, casas de chá, sucos e similares (497).


Entre os bairros mais procurados para abertura de negócios estão o Centro, com 2.429 novos negócios, Cidade Industrial, com 2.031 e Água Verde, com 1.351.



Fonte: Prefeitura de Curitiba.

23 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest