banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Curitiba recebe espetáculo que celebra clássicos da música brasileira

“Grandes Encontros da MPB” estreia em 31 de janeiro



O espetáculo “Grandes Encontros da MPB” chega a Curitiba em curta temporada, com apresentações nos dias 31 de janeiro (21h) e 1º de feveiro (18h e 21h), no Teatro Guairinha (Rua Amintas de Barros, S/N – Centro). Os ingressos estão disponíveis pelo Ticket Fácil em pré-venda com valores que vão de R$20 (meia-entrada) a R$40 para compras até o dia 24 de janeiro.


Sucesso de público no Rio de Janeiro e São Paulo, o musical, que conta com a direção de Sergio Módena, parte de depoimentos bem-humorados e curiosidades sobre a música brasileira, levando o público a uma viagem pelos gêneros mais emblemáticos a partir dos anos 1960, que vão da Jovem Guarda ao Samba, passando pela Bossa Nova, o Rock, a Música Nordestina, entre outros, reunindo composições de ícones como Toquinho, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Milton Nascimento, Elba Ramalho, Alceu Valença, Ze Ramalho, Cartola, Beth Carvalho, Cazuza, Raul Seixas, assim como novos nomes da cena musical, como Liniker e Johnny Hooker, interpretados por Ariane Souza, Bruna Pazinato, Édio Nunes, Franco Kuster, Júlia Gorman e Thiago Machado.


“Este espetáculo é a afirmação da nossa cultura representada em um show teatralizado. Precisamos elevar a autoestima do brasileiro e valorizar uma das nossas raízes mais fortes, a nossa música. Vai ser impossível não cantar junto”, comenta o diretor.


Entre alguns dos sucessos que fazem parte do musical, estão “Se Todos Fossem Iguais a Você”, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes; “Beatriz”, de Chico Buarque e Edu Lobo; “É Proibido Fumar”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos; “Socidade Alternativa”, de Raul Seixas e Paulo Coelho; “Flutua”, de Johnny Hooker e Liniker.


“O espetáculo aborda não só parcerias artísticas, mas também amizade, falando sobre encontros que duraram décadas. Caetano e Gil, por exemplo, não compuseram tantas canções juntos, mas viveram junstos em exílio em Londres, mostrando que a parceria foi muito além da música, foi um encontro de vida, e essa é uma das histórias que estão no musical”, comenta o roteirista Pedro Brício. “Durante este período, foram visitados por Roberto Carlos e as canções ‘Debaixo dos Caracóis’, do próprio Roberto e ‘London London’, de Caetano Veloso, nasceram em homenagem aos colegas exilados”, completa.


O figurino, assinado por Karen Brusttolin, garante uma pegada Pop Art, combinada com o Barroco, reunindo cores e elementos circenses e dando destaque aos grandes painéis utilizados na composição da cenografia de Dina Salem Levy. A coreografia é de Roberta Serrado.

30 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest