Treze são presos por comercializar emagrecedores ilegais

Produtos eram ofertados nas redes sociais



A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 13 pessoas em flagrante, entre homens e mulheres, suspeitas de comercializar medicamentos “emagrecedores” de venda proibida, nesta terça-feira (17), na Capital. Os produtos eram ofertados nas redes sociais sem qualquer autorização do órgão responsável e enviados para todo o estado paranaense. Cerca de 15 mil frascos dos remédios foram apreendidos durante a ação.


Ao todo foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão nos bairros Cidade Industrial de Curitiba, Boqueirão, Hauer e Bairro Alto. Além disso, a PCPR efetuou buscas em estabelecimentos comerciais que estariam expondo o produto à venda.


No curso das investigações, a PCPR também identificou vendedores em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, e em cidades do interior, Londrina, Maringá e Campo Mourão.As páginas na internet com divulgação do produto ilegal chegava a ter mais de quatro mil seguidores nas redes sociais.

Últimas Notícias