banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

MPT doa R$ 4,8 mi para equipar rede de saúde de Curitiba

Foram contemplados o Hospital Municipal do Idoso, a Unidade de Pronto Atendimento Tatuquara e a Maternidade Bairro Novo


Foto: Pedro Ribas


O Ministério Público do Trabalho (MPT) doou R$ 4,8 milhões para equipar a rede de saúde do município de Curitiba. A doação foi oficializada na última segunda-feira (16/12), no gabinete do prefeito Rafael Greca, pelo procurador Humberto Luiz Mussi de Albuquerque. O dinheiro é fruto de uma indenização trabalhista por danos sociais. Nesses casos, a lei prevê a devolução à sociedade.


“O procurador escolheu o SUS de Curitiba. Eu agradeço. A cidade, também”, disse o prefeito.


Na parte que cabe à Prefeitura de Curitiba, foram contemplados o Hospital Municipal do Idoso (R$ 3,1 milhões), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tatuquara (R$ 587 mil) e a Maternidade Bairro Novo (R$ 879 mil), todos administrados pela Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas).


Renovação

“Os recursos vão permitir a renovação dos equipamentos das unidades”, afirmou a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak. O hospital, por exemplo, não recebia um volume tão alto de investimento para se reequipar desde a inauguração, em 2012.


Entre os equipamentos a serem adquiridos para o hospital estão 45 camas semiautomáticas, duas delas para pacientes obesos, que pesem até 320 quilos, além de 140 poltronas para acompanhantes.


Já a UPA Tatuquara deve receber, entre outros equipamentos, dois aparelhos móveis de raio x, o que vai finalmente permitir a oferta do serviço, além de 17 camas com cabeceira e grades de proteção. Já a maternidade poderá contar com mais um berço aquecido e 42 camas mecânicas.


A doação do MPT inclui instituições hospitalares públicas e privadas (que atendam gratuitamente à população). A previsão da Secretaria Municipal de Saúde é contar com os novos equipamentos a partir de março do ano que vem.


Presenças

Também estiveram presentes à reunião os diretores da Feas Sezifredo Paz (geral), Deise Caputo (administrativo-financeira) e Tatiane Filipak (atenção à saúde); e o diretor executivo do Hospital Municipal do Idoso, Altair Rossato.



Fonte: Prefeitura de Curitiba.

3 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest