banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Rogério Ceni diz não ao Athletico e fica no Fortaleza

Treinador era pretendido para o lugar de Tiago Nunes

Rogério Ceni vai permanecer à frente do Fortaleza em 2020. Neste sábado, a diretoria do clube cearense anunciou a renovação do contrato do treinador para a próxima temporada, a terceira no comando do time, ainda que com uma breve passagem pelo Cruzeiro, em 2019, durante esse período.


Ceni estava na mira de outros clubes do futebol nacional, especialmente o Athletico Paranaense, em busca de um substituto para Tiago Nunes, que deixou a equipe na reta final do Campeonato Brasileiro pata dirigir o Corinthians a partir de 2020. Além disso, tinha seu nome avaliado pelo Santos como possível sucessor para Jorge Sampaoli. Mas o ex-goleiro do São Paulo optou mesmo por permanecer no Fortaleza.


Contratado pelo Fortaleza em 2018, Ceni conduziu o time ao acesso à elite do futebol nacional e ao título da Série B do Campeonato Brasileiro naquele ano. Já em 2019, faturou os títulos do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste, depois optando por trocar o clube pelo Cruzeiro, em agosto.


A passagem pelo time mineiro, porém, foi rápida, de menos de dois meses, e marcada por desentendimentos com estrelas do elenco. E pouco depois da sua saída do Cruzeiro, acertou seu retorno ao Fortaleza, o conduzindo ao nono lugar no Brasileirão, desempenho que classificou o time para a próxima edição da Copa Sul-Americana.


Com Ceni no comando, o Fortaleza, além do torneio continental, o primeiro da sua história, disputará outras quatro competições em 2020: o Campeonato Cearense, a Copa do Nordeste, a Copa do Brasil e o Brasileirão.

25 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest