As cinco mais do capitão

Férias no mercado da bola, e com isso, um momento adequado para uma reflexão dos dirigentes no futebol brasileiro

Férias no mercado da bola, e com isso, um momento adequado para uma reflexão dos dirigentes no futebol brasileiro. Agora, é esperar pelas soluções, apoiado por um radar de informações. No entanto, como o cenário futebolístico prevalece quem tem a melhor parte monetária, as atribuições das pessoas que dirigem suas agremiações, em sua totalidade, vão buscar soluções mais viáveis. Como a divisão das cotas é determinada pelos direitos televisivos, o produto chega aos emergentes fatiado com discrepância na isonomia.


***

O Presidente do Paraná Clube, Leonardo Oliveira, já com algum tempo na direção do Tricolor da Vila, vem sendo muito contestado pela galera pelo mal gerenciamento na formação de elenco.Portanto, não é atoa que convidou o empresário, Sérgio Malucelli, para uma terceirização do futebol. É bem possível que isso venha acontecer, afinal, o 'Salada"que há anos está orquestrando o time do Londrina está prestes a desistir da sua permanência na capital do café.Outro detalhe é que o time do Tubarão está a caminho da Série C.


***

Muito valorizado os jogadores, Santos e Bruno Guimarães, que jogaram demais com a camisa do rubro negro nesta temporada. Profissionais com origem nas categorias de base foram escolhidos à compor a Seleção do Brasileirão/2019. Contudo, propostas de fora poderão tirar esses jogadores pelo alto rendimento mostrado neste certame.


***

Dificilmente, o mandatário alviverde paranaense, Samir Namur, aceitará um pedido de 200 mil/mêsna continuidade do técnico, Jorginho, e sua equipe de trabalho. Ao contrário do que muitos pensam,a restruturação de elenco tem que ser premiada com bons jogadores, pois, o mercado é caro para equipes que estão emergindo a outra série.


***

Broncas e mais broncas nas hostes do Santos F.C, com a demissão do técnico, Jorge Sampaolli, cujo contrato ainda tem tempo para terminar. As muitas exigências do "gringo" deixaram os diretores do peixe estarrecidos. O cara pediu o nêgo e o cachimbo, como dira o ditado.Como o mandatário santista , também, não é flôr que se cheire, o estremecimento foi intenso.


Frase: O melhor da vida é sua história.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest