banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Elenize Dezgeniski lança livro e exposição

Mostra tem registros de 15 anos de fotografia da cena teatral



No dia 11 de dezembro de 2019, o Centro Cultural Sistema FIEP recebe o lançamento do livro Gesto Contínuo da fotógrafa e artista visual Elenize Dezgeniski. A partir da mesma data, a artista abre a exposição homônima que se cria a partir das imagens do livro, além de vídeos, áudios e publicações. A mostra permanece em cartaz até 7 de abril de 2020. A entrada para as duas ações é gratuita.


O livro Gesto Contínuo, 256 páginas, edição da autora, foi elaborado a partir de um arquivo com mais de 800 peças teatrais fotografadas por Elenize Dezgeniski nos últimos 15 anos. Em uma narrativa não cronológica, a edição busca tornar visível os efeitos dos encontros entre as imagens, as companhias de teatro e os artistas, revelando relações possíveis entre tempo, memória e narrativa.


Além das imagens de cena, o livro contempla imagens da Cena Expandida, assim a autora chama os ensaios fotográficos construídos para divulgação e design gráfico dos espetáculos. Imagens que, normalmente, são construídas antes da estreia de um trabalho, mas completamente implicadas em sua dramaturgia.


A publicação conta com textos dos dramaturgos Olga Nenevê, Sueli Araujo e Márcio Mattana, do ator, pesquisador de teatro e jornalista Fernando de Proença e das artistas visuais Milla Jung e Luana Navarro. O Texto de apresentação é do crítico e jornalista Valmir Santos.


O livro foi elaborado num processo contínuo de quase dois anos de trabalho, e contou com a assistência de edição da artista Lidia Ueta e da cineasta Débora Zanatta e projeto gráfico de Adriana Alegria. Gesto Contínuo é um livro-peça (montagem), atento aos sentidos dos encontros e dedicado ao tempo presente. O livro será vendido no lançamento e, depois, estará disponível para compra nas livrarias.


Para a Exposição Gesto Contínuo, a autora traz um recorte das fotografias que compõem o livro além de vídeos, áudios e publicações. A exposição tem a organização de Elenize Dezgeniski, Diego Marchioro e Luana Navarro. Projeto expositivo e montagem de Vivaldo Vieira Neto.


Este projeto foi realizado com o apoio do Programa de Apoio e incentivo à Cultura -Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, com incentivo de EBANX, Livrarias Curitiba e CEDIP e apoio de VIMO Vídeo Foto, Casa Quatro Ventos, SESI PR.


SOBRE A AUTORA

Elenize Dezgeniski é artista visual, fotógrafa e atriz. Os principais temas em seus trabalhos são a memória, a palavra, a afetividade e o corpo. Sua obra é apresentada em fotografias, vídeos, instalações, performances, práticas curatoriais, publicações e inserções em discursos/circuitos híbridos. É colaboradora em processos criativos de teatro e dança e provocadora cultural nas diversas linguagens da arte. Desde 2004 fotografa as cenas de teatro, música e dança de diversas companhias do País. Atuou como atriz no Grupo Obragem de Teatro e foi aluna do Núcleo de Estudos da Fotografia (NEF, Curitiba). Bacharel em Interpretação Teatral pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP) com especialização em História da Arte Moderna e Contemporânea pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap).

4 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest