banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

TCE suspende licitação de compra de combustível

Os combustíveis para a frota do Paraná custará R$ 104 milhões



O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PR) suspendeu pregão lançado pela Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap) no valor de R$ 103.973.785,72, para a contratação de empresa para gerenciar o abastecimento de combustíveis para os veículos e equipamentos da frota de veículos oficiais do governo do Estado. O edital previa a implantação e operação de sistema informatizado e integrado com a utilização de pagamento via cartões magnéticos ou com chip em postos credenciados no Paraná e em Brasília.


O TCE acatou representação da empresa Neo Consultoria e Administração de Benefícios segundo a qual o edital exige o credenciamento de uma rede excessiva de postos de combustíveis nas principais rodovias federais e estaduais, sem especificar quais são essas vias.


A empresa também considerou irregular a obrigatoriedade da apresentação de metade da rede credenciada no momento da assinatura do contrato pela vencedora e do restante 30 dias depois disso. Além disso, questionou também a legalidade da previsão de manutenção, por parte das interessadas, de escritório em Curitiba.

26 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest