Deputada questiona Governo sobre fechamento do ensino médio noturno

Requerimento pede para que Secretaria da Educação explique remanejamentos



Em pedido de informação ao secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Féder, protocolado na sessão plenária desta segunda-feira (25) na Assembleia Legislativa do Paraná, a deputada estadual Luciana Rafagnin (PT) questiona o governo sobre o possível fechamento do ensino médio noturno no estado.


A deputada lembra que ao anunciar um aumento de 25% na oferta de vagas para o ensino médio diurno na rede estadual, com a finalidade de suprir a ausência do ensino noturno e sob argumentos de otimização do conteúdo e visando a diminuição da evasão escolar, o Governo do Estado suscita a possibilidade de fechamento das turmas do ensino médio noturno nas escolas da rede pública paranaense.


“Nossa preocupação é com os jovens da periferia das grandes cidades e dos municípios do interior que dificilmente poderão estudar se só existir oferta de ensino no período diurno”, diz a deputada. Luciana destaca que boa parcela da população jovem efetua a matrícula no período noturno em função do trabalho e porque é da contribuição proveniente dessa atividade profissional que depende o incremento da renda da família.


No documento, a deputada pergunta ao secretário da Educação: quantas vagas de ensino médio noturno continuarão a ser ofertadas no estado e, caso ainda sejam ofertadas as vagas, de que forma se dará a escolha dos locais a serem contemplados?


O requerimento teve sua votação adiada, a pedido do líder do Governo, deputado Hussein Bakri (PSD) e volta a ser discutido na sessão desta terça-feira (26).

21 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest