Urbs espera cadastrar 12 mil motoristas de aplicativos

Fiscalização prevê multa e apreensão de veículo



A Urbs, que administra os serviços de transporte em Curitiba, espera cadastrar pelo menos 12 mil motoristas de aplicativo na capital para o ano que vem. A exigência faz parte de um decreto que foi assinado pelo prefeito Rafael Greca (PMN), em agosto deste ano. Os condutores que não fizerem o cadastro até o fim do ano estarão sujeitos à multa gravíssima de R$ 293, 47 e apreensão do veículo, previstos no artigo 231 do Código Brasileiro de Trânsito.


O cadastro é obrigatório para os condutores das plataformas Uber, 99 Pop e Cabify, que estão regulamentadas para atuar na capital. Até a manhã desta quarta-feira (20), pouco mais de cinco mil motoristas tinham feito o cadastro. Desde setembro de 2017, as empresas de aplicativo precisam pagar uma taxa pela atuação das plataformas na cidade para a prefeitura. Nesses quase dois anos, a administração municipal arrecadou R$ 32,65 milhões pela cobrança do chamado preço público.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

28 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale