Ex-piloto da Stock Car morre dois dias depois de acidente aéreo

Tuka Rocha foi retirado dos escombros com 80% do corpo queimado



O ex-piloto da Stock Car Tuka Rocha morreu neste sábado. Ele estava em um avião que caiu na tarde de quinta-feira, em Maraú, no sul da Bahia, e estava internado desde então. No entanto, não resistiu aos ferimentos graves causados pelo acidente.


Tuka Rocha teve complicações pulmonares e sofreu queimaduras em 80% do corpo. O piloto de 36 anos foi submetido a duas cirurgias no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, e seu quadro era delicado especialmente em razão dos problemas no pulmão.


Em 2011, o ex-piloto da Stock Car tinha escapado ileso de um grave acidente. Na ocasião, o carro que pilotava pegou fogo durante uma competição no Rio de Janeiro, mas ele conseguiu pular do veículo e não teve ferimentos graves.


Tuka Rocha correu na Stock Car, principal categoria do automobilismo em que competiu, entre 2011 e 2018. O piloto deixou a categoria em julho do ano passado depois de perder o patrocinador. Sua última equipe foi a Vogel.


OUTRA VÍTIMA FATAL - Ao todo, 10 passageiros, incluindo uma criança, estavam no avião que caiu em Maraú. Além de Tuka Rocha, foi confirmada a morte da jornalista Marcela Brandão Elias, de 37 anos.

31 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest