5 mitos e verdades sobre o câncer de próstata

O grande problema é que o câncer da próstata é traiçoeiro e, em fase inicial, não gera queixas aos homens

A campanha Novembro Azul tem como principal objetivo alertar a sociedade para os cuidados integrais da saúde dos homens e, em especial, com a próstata. Com o passar dos anos, a próstata pode trazer dois tipos de problemas aos homens: o primeiro é o seu crescimento benigno, aumentando de tamanho e dificultando o ato de urinar; e o segundo é o câncer de próstata. Esta é a segunda doença maligna mais comum nos homens (perdendo apenas para o câncer de pele), e sua incidência aumenta com o passar dos anos de vida.


O grande problema é que o câncer da próstata é traiçoeiro e, em fase inicial, não gera queixas aos homens. “E é justamente nessa fase inicial que podemos curar a grande maioria dos pacientes. A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens devam visitar um urologista a partir dos 50 anos de idade, para discutir sobre os dois exames preventivos: o teste de sangue chamado PSA e o exame de toque da próstata. Os homens com história de câncer de próstata na família ou aqueles de raça negra devem iniciar os cuidados a partir dos 45 anos”, afirma Dr. André Matos, coordenador da Uro-Oncologia do Hospital São Vicente.


O especialista aproveita para comentar 5 mitos e verdades sobre o toque da próstata:

1. Todo homem precisa fazer o exame do toque. Verdade.

2. O toque dói. Mito.

3. É preciso continuar fazendo os exames de toque uma vez ao ano. Verdade

4. O exame do toque é demorado. Mito.

5. Alguns tumores da próstata não são detectados pelo exame de sangue, apenas pelo toque. Verdade.


Felizmente, a medicina vem evoluindo constantemente e o Dr. André Matos também reuniu 5 novidades na área:


1. Quando há suspeita de câncer na próstata, um exame chamado ressonância magnética pode ser utilizado para melhorar a detecção nas biópsias da próstata.


2. Em tumores de próstata em fase inicial (chamados indolentes), pode ser feito um acompanhamento periódico com exames (vigilância ativa), e postergar com segurança um tratamento definitivo.


3. As cirurgias minimamente invasivas (laparoscópica e robótica) vêm sendo cada vez mais utilizadas no Brasil, trazendo vantagens aos pacientes.


4. Quando o câncer na próstata não é curado após tratamento inicial, há um exame de imagem moderno chamado PET-CT SCAN que pode ajudar na detecção das recidivas.


5. Em casos de retorno do câncer ou em casos avançados, há novas medicações que melhoram a qualidade e aumentam o tempo de vida dos homens. (anti-androgênicos de nova geração)


“Como mensagem final, todos os homens devem estar em dia com sua saúde, realizando conversas periódicas com médicos e profissionais de saúde, assim como tomando medidas preventivas necessárias”, complementa o urologista.

Sobre o Hospital São Vicente-Funef


Fundado em 1939, o Hospital São Vicente tem ampla atuação no transplante de fígado e rim, e nas áreas de Oncologia e Cirurgia. De alta complexidade, atende diversas especialidades clínicas e cirúrgicas, sempre com foco na qualidade e no tratamento humanizado. Desde 2002, a instituição é gerida pela Fundação de Estudos das Doenças do Fígado Kotoulas Ribeiro (FUNEF).


Sua estrutura conta com Pronto Atendimento, Centro Médico, Centro Cirúrgico, Exames, UTI, Unidades de Internação e Centro de Especialidades. O programa de Residência Médica credenciado pelo MEC nas especialidades de Cirurgia Geral, Cirurgia Digestiva, Cancerologia Cirúrgica e Radiologia.


Mais informações: www.saovicentecuritiba.com.br


Acompanhe nossa página no Facebook: www.facebook.com/hospitalsaovicentecuritiba


Hospital São Vicente – Funef

Rua Vicente Machado, 401 – Centro – Curitiba/PR

(41) 3111-3000

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

20 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale