Adiada votação do projeto que prorroga mandato de diretores de escolas

CCJ volta a discutir a matéria na próxima segunda-feira



A votação do PL 788/2019, que trata da prorrogação dos mandatos dos atuais diretores das escolas da rede estadual de educação básica, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa, foi adiada para a próxima segunda-feira (4). O projeto, assinado pelo Poder Executivo, começou a ser discutido na reunião de ontem, quando a matéria já recebeu parecer favorável do relator, deputado Tiago Amaral (PSB).


No entanto, o deputado Tadeu Veneri (PT), observou que no próximo ano ocorre as eleições municipais, coincidindo com o momento da mobilização da comunidade escolar para a escolha dos futuros diretores. Dessa forma, pediu vista do projeto, com o objetivo de analisar detalhadamente a proposta, adiando a votação do parecer do relator.


Tiago Amaral, que é vice-líder do Governo, explicou que o projeto amplia os mandatos dos diretores por mais um ano, mantendo os demais critérios previstos para o processo de escolha dos novos gestores.

Últimas Notícias