Três PMs são presos pelo incêndio na Vila Corbélia

O incêndio destruiu 300 casas em dezembro de 2018



Três policiais militares foram presos, nesta quarta-feira (18), na operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que investiga o incêndio que destruiu casas na ocupação 29 de Março, na região da Vila Corbélia, em Curitiba.


Além dos PMs, mais uma pessoa foi presa. De acordo com o Gaeco, as prisões foram em flagrante. Armas e drogas foram encontradas com essas pessoas que acabaram sendo detidas.


"A investigação está bastante avançada. Nós estamos mantendo sigilo nos interesses da própria investigação e dos próprios investigados e nós pensamos que estamos avançando para concluir", afirmou o coordenador do Gaeco, Leonir Batisti.


Ao todo, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão. Entre os alvos, estavam residências de policiais militares em Curitiba, em Araucária (Região Metropolitana) e em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná.

30 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest