banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Professores recomendam suspensão do vestibular da UFPR

Categoria quer pressionar governo pela liberação de verbas



Em assembleia ontem, em Curitiba, a maioria dos professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) decidiu recomendar a suspensão do vestibular deste ano. A assembleia foi convocada pela Associação dos Professores da Universidade Federal do Paraná (APUFPR). A deliberação será levada agora à direção da universidade.


Os professores presentes na assembleia também decidiram levar a proposta ao colegiado nacional para fazer dela um movimento em todo o País. A ideia é pressionar o governo federal a liberar verbas de custeio, pesquisa e extensão que estão contingenciadas e comprometem o funcionamento de instituições federais de ensino.


Uma greve de dois dias, em 17 e 18 ou 24 e 25 de setembro, também foi decidida na assembleia sindical. Um indicativo de greve por tempo indeterminado foi aprovado. Em ata oficial, os motivos das deliberações são "contra os cortes no orçamento; contra o Future-se; e que a suspensão do vestibular se deve ao Projeto de lei orçamentária de 2020 que impede o funcionamento das Universidades".

2 de dezembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest