Após acordo, empresas de pedágio reduzirão tarifas

Concessionárias ainda concordaram em pagar multa de R$ 400 milhões



A Ecorodovia, controladora das concessionárias Ecovia e Ecocataratas, divulgou fato relevante na sexta-feira (6) informando que foi homologado o acordo de leniência com a força-tarefa da Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná. A partir da homologação começa a correr o prazo de 30 dias para a redução de tarifas em 30%.


As empresas concordaram em pagar R$ 400 milhões, sendo uma parte para custear a diminuição dos preços e o restante para bancar obras, sendo R$ 20 milhões a serem aplicados no trecho da Ecovia e R$ 130 milhões nas rodovias da Ecocataratas. Há ainda R$ 30 milhões em multa. As empresas são responsáveis por trechos da BR-277, tanto na ligação de Curitiba com o Litoral do Paraná, como entre Guarapuava e Foz do Iguaçu.


O acordo, baseado no reconhecimento de que irregularidades foram praticadas, como o pagamento de propinas em troca de aditivos contratuais que elevaram as tarifas ou retiraram a obrigação de fazer obras. A negociação segue os moldes de outro acordo de leniência, firmado com a Rodonorte.

Em março, a concessionária concordou em pagar R$ 750 milhões (divididos entre multa, realização de obras e redução de tarifa). Em abril, os valores praticados nas sete praças de pedágio passaram a ser 30% menor.

26 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest