Polícia fecha fábrica de ecstasy na RMC

Os laboratórios funcionavam em Campina Grande do Sul



A Polícia Civil do Paraná cumpriu ontem três mandados de busca e apreensão em Curitiba e Região Metropolitana, numa investigação sobre endereços que estariam sendo utilizados como fábrica de drogas sintéticas e a distribuição. Os mandados foram cumpridos em Curitiba e em dois endereços de Campina Grande do Sul, resultando no fechamento de uma fábrica clandestina para produção de drogas sintéticas.


Num sobrado de classe média alta, no Xaxim, foi encontrada grande quantidade de drogas. Posteriormente, em chácaras de Campina Grande Sul do foram encontrados dois laboratórios onde eram preparadas as drogas. Os policiais encontraram uma grande estrutura, com estufas, muitos equipamentos e produtos químicos. Foi preciso um caminhão para transportar todos estes equipamentos e insumos. Eram mais de 20 quilos de ecstasy, que chega a custar R$ 100 o grama em baladas raves.

30 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest