banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Mônica Martelli apresenta Minha Vida em Marte no Guairão

Nova comédia retorna a Curitiba no próximo dia 15



A atriz Mônica Martelli retorna a Curitiba no dia 15 de setembro, às 19h30, no Guairão, com a comédia: Minha Vida em Marte. O espetáculo, de sua autoria e direção de Susana Garcia, é a continuação do grande sucesso, que também virou filme, Os Homens São de Marte... E é pra Lá que eu Vou”. As vendas já estão abertas no site do DiskIngressos e na Bilheteria do Centro Cultural Teatro Guaira.


Em maio de 2017, a comédia Minha Vida em Marte estreou no Rio de Janeiro com sucesso de crítica e público. De lá para cá, a atriz e autora comprovou o fôlego de seu personagem, sempre com sessões esgotadas e direito a fila de espera – foram mais de 50 mil espectadores em nove meses e cinco indicações a prêmios.


Minha Vida em Marte é a continuação da saga de Fernanda, personagem que surgiu pela primeira no teatro em 2005, quando Mônica Martelli lançou a comédia Os Homens São de Marte... E é pra Lá que eu Vou sem imaginar o sucesso que a peça protagonizada e escrita por ela alcançaria. Nem tampouco esperava a reviravolta que Fernanda, a personagem que criou para falar de amor e discutir o empoderamento feminino (muito antes da expressão cair no gosto popular) faria em sua trajetória pessoal. A autora, então com 36 anos, viu o espetáculo tornar-se um sucesso sem precedentes ao alcançar mais de 2,5 milhões de espectadores e dar origem a um longa homônimo – que arrastou mais de 2 milhões pessoas para os cinemas – e a uma série televisiva com o mesmo título que já está em sua terceira temporada no GNT, sendo uma das maiores audiências do canal.


Doze anos depois, aos 48 anos, Mônica repete o sucesso de sua peça precursora. Minha Vida em Marte, dirigida pela irmã Susana Garcia, traz de volta Fernanda, agora com 45 anos, à procura de respostas para a sobrevivência conjugal. “Demorei para fazer esta peça porque sei que só é possível falar com propriedade sobre um assunto quando se consegue olhar para ele com distanciamento”, resume a autora que, tal qual sua personagem, conhece a fundo a dor da separação. Tendo como suporte suas próprias experiências, Monica leva ao teatro um monólogo bem-humorado que aproxima através do riso e leva homens e mulheres à reflexão. E assim a atriz se confirma como uma das autoras brasileiras que melhor traduzem o comportamento feminino moderno.


Ficha Técnica

Texto e interpretação de Mônica Martelli

Direção de Susana Garcia

Cenografia de Flávio Graff

Figurino de Marcella Virzi

Iluminação de Maneco Quinderé

Direção de Movimento de Marcia Rubin

Direção de produção de Herson Capri

Produção de Capri Produções

Assessoria de Imprensa de Antonio Trigo

Serviço

Teatro – Guairão (Centro Cultural Teatro Guaira)

Endereço – Rua XV de Novembro, 971

Data: 15 de setembro

Horário: 19h30

Preços:

Plateia: R$ 130,00 a R$ 150,00 (inteira)

Balcão 1 – R$ 100,00 (inteira)

Balcão 2 – R$ 80,00 (inteira)

25 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest