banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Ameaça de massacre suspende aulas em escola de Curitiba

Pais preferiram não mandar filhos às aulas



O Colégio Estadual Amâncio Moro, no bairro Jardim Social, em Curitiba, está sem aulas nesta quinta-feira, 29. Segundo informações da Secretaria da Escola, apenas seis alunos compareceram ao local nesta manhã. A ausência foi creditada às ameaças que circularam na tarde desta quarta-feira, 28, nas redes sociais. Na escola estudam 1.200 alunos, sendo 300 do Colégio Estadual do Paraná (CEP), que passa por reformas, e por isso foram remanejados para o Amâncio Moro.


"Amanhã vai ser um dia especial para mim, vou me vingar de todas as pessoas que odeio, infelizmente sera bala para todo canto, não posso escolher as vítimas a dedo, mas sei que entre as pessoas vai ter os que quero realmente matar, isso que importa, inocentes serão feridos? Sim. Estou portando 3 armas brancas, um revólver.357, uma espingarda cal 20, e acessórios para minha defesa. Este é meu último recado, abraços de um anjo qualquer", postou um perfil no Instagram.


Ainda conforme os dados da Secretaria do Amâncio Moro, houve o comunicado da escola à Secretaria de Estado da Educação (SEED), que imediatamente fez o reforço da Patrulha Escolar nas imediações do Colégio.


Vários pais ligaram para o colégio, mas preferiram não deixar os filhos irem à escola, apesar da orientação da SEED sobre o não cancelamento das aulas.

29 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest