Preso grupo que despachava cocaína pelo porto de Paranaguá

Operação da PF também investiga terminais de Santos e Itajaí



A Polícia Federal iniciou, na manhã de ontem, duas operações contra o uso de portos brasileiros para o tráfico internacional de drogas em navios cargueiros. Durante a ação, 12 pessoas foram presas e cinco continuam foragidas. Em um imóvel os agentes apreenderam US$ 7,2 milhões e R$ 1,6 milhão em espécie. As ações foram comandadas pelas delegacias da PF em Itajaí (SC) e Santos (SP), mas incluem operações de tráfico que utilizavam contêineres no Porto de Paranaguá, segundo maior do país.


Segundo as investigações, as organizações criminosas inseriam cocaína em contêineres embarcados nos portos das três cidades, utilizando empresas de fachada com atuação na logística portuária. Em geral, a droga era escondida sem que os verdadeiros donos das cargas soubessem e eram enviadas para diferentes partes do mundo.


Os mandados foram cumpridos ontem nos Estados de São Paulo (São Paulo, Santos e Guarujá), Santa Catarina (Itajaí e Balneário Camboriú), Mato Grosso do Sul (Campo Grande) e Bahia (Salvador). “Duas pessoas foram presas em São Paulo, uma em Salvador e o restante em Itajaí”, explicou o delegado da PF Ciro Tadeu Moraes.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

16 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest