Curitiba terá ato pelos 500 dias da prisão de Lula

Mobilização será nesta terça-feira perto da Polícia Federal



A Frente Brasil Popular, que reúne dezenas de movimentos sociais, convocou mobilização para esta terça-feira (20) em alusão aos 500 dias de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em ação penal da Operação Lava Jato.


Em nota, a frente diz: "500 dias. Um número que machuca e ofende. Mas que chama para a resistência. 500 são os cinco séculos que o país passou sob o domínio da elite nacional. Como nos ensinou o sociólogo Florestan Fernandes, essa elite é antinacional, antipopular, escravista, racista e patrimonialista"


São convocadas organizações (partidos, movimentos populares e sindicais) e a sociedade em geral "para se somar às lutas em torno da bandeira Lula Livre, na data quando o ex-presidente completa 500 dias de prisão considerada política, no dia 20 de agosto (terça)".


Os atos seguem uma agenda nacional. No Paraná, haverá um ato político e cultural com concentração às 17 horas na Vigília Lula Livre (Rua Sandália Monzon, 184, no bairro Santa Cândida), ao lado da sede da Polícia Federal, onde Lula está preso.


A nota também valoriza as ações que têm sido organizadas fora da vigília, cado de panfletaços, faixaços, atos de protesto na frente da sede do Ministério Público Federal, e que devem se repetir ao longo do dia. “convoca os comitês de Curitiba e região a fazer ações, panfletaços, faixaços, diálogos com a população, por toda a cidade, em denúncia aos 500 dias de uma prisão política”.

21 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest