Noruega bloqueia repasse de R$ 132,6 milhões ao Fundo Amazônia

Brasil quer mudar funcionamento do fundo



O ministro do Clima e Meio Ambiente norueguês Ola Elvestuen declarou em entrevista ao jornal "Dagens Næringsliv (DN)" que os impasses envolvendo a gestão do Fundo Amazônia impedem o envio de recursos ao Brasil. Em reportagem publicada nesta quinta-feira (15), o DN afirma que a Noruega decidiu reter o pagamento de R$ 132,6 milhões.


O país é o principal doador do Fundo Amazônia. Entre 2009 e 2018, o fundo captou R$ 3,4 bilhões em doações, sendo que 93,8% foi repasse norueguês. As demais contribuições vieram da Alemanha (5,7%) e da Petrobras (0,5%).


"Enquanto o conselho e o comitê técnico para calcular os resultados do desmatamento estiverem fechados, não há lugar para onde enviar o pagamento", declarou o ministro em entrevista ao DN. O ministro disse que o Brasil rompeu o acordo que tinha com a Alemanha e a Noruega desde que fechou a diretoria do Fundo.


Além disso, ele citou o aumento nos alertas de desmatamento, afirmando que há motivos para preocupação. "O que o Brasil fez mostra que eles não querem mais parar o desmatamento", disse o ministro ao jornal DN.

22 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest