Líder do Governo diz que mudanças no PSS ficam para 2020

Bakri afirma que busca entendimento entre governo e professores



O líder do Governo na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Hussein Bakri (PSD), construiu mais um entendimento entre a Secretaria da Educação (Seed) e a APP-Sindicato. Segundo o deputado, eventuais mudanças na contratação via Processo Seletivo Simplificado (PSS) só serão implementadas a partir de 2020. Além disso, os atuais contratos serão prorrogados até julho do ano que vem. As medidas tranquilizam 20 mil professores que atuam hoje nas 2,1 mil escolas estaduais do Paraná e devem encerrar a greve da categoria em definitivo, neste sábado (10).


“Tenho dito sempre que o diálogo é o melhor caminho para chegarmos a um denominador comum. Nesse caso específico, a Seed terá mais tempo para aprimorar um novo modelo de contratação, e os professores do PSS poderão continuar o seu trabalho normalmente até metade do ano que vem”, afirmou Hussein Bakri.


A greve dos professores e demais funcionários das escolas foi suspensa no último dia 13 de julho, após um acordo costurado pela Liderança do Governo que envolvia vários itens. O principal deles diz respeito à reposição salarial do funcionalismo público, referente à inflação de 4,94% entre maio de 2018 e abril de 2019.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

17 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest