Operação contra o núcleo financeiro do PCC prende 28

Detentos de Piraquara controlavam cerca de 400 contas



A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira uma operação com o objetivo de desarticular o núcleo financeiro do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa com atuação nos Estados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Acre e Roraima. Segundo a PF, 28 pessoas foram presas – 26 por mandados e duas em flagrante.


Oito dos mandados de prisão foram cumpridos contra pessoas que cumprem penas em presídios do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Foram cumpridos também 55 mandados de busca e apreensão. Entre os objetos apreendidos estão celulares, papeis de contabilidade, pequenas quantidades de drogas, pendrives e um HD.


Segundo a PF, uma investigação identificou que o núcleo financeiro do PCC atuava dentro da Penitenciária Estadual de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. “O foco da operação é atuar no sufocamento dessas atividades”, afirmou o superintendente da Polícia Federal no Paraná, Luciano Flores. Segundo a PF, cerca de R$ 1 milhão por mês circulavam nas contas mantidas pelo núcleo.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest