Grupo Petrópolis teria lavado R$ 329 mi da Odebrecht

PF cumpriu 33 mandados de busca



A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (31) a 62ª fase da Operação Lava Jato, denominada Rock City, que investiga o pagamento de propina disfarçada de doações de campanha eleitoral realizada por empresas do Grupo Petrópolis em conluio com a empreiteira Odebrecht. Segundo a PF, o grupo teria auxiliado a Odebrecht a realizar pagamentos ilícitos por meio de operações dólar-cabo - troca de reais no Brasil por dólares em contas no exterior.


Cerca de 120 Policiais federais cumpriram mandados de prisão preventiva, temporária e 33 mandados de busca e apreensão em 15 cidades, nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, expedidos pela A 13ª Vara Federal de Curitiba. Os alvos incluíram o presidente do grupo Petrópolis, Walter Faria, que junto com outros executivos da empresa teria atuado na lavagem de cerca de R$ 329 milhões de reais em contas fora do Brasil e movimentado US$ 106 milhões em operações no exterior, segundo o Ministério Público Federal. Até o início da noite ele não havia sido localizado. Outros três executivos do grupo foram presos e seriam levados para a Superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde serão interrogados.


A suspeita da PF é de que offshores relacionadas à Odebrecht realizavam, no exterior, transferências de valores para offshores do grupo Petrópolis, que por sua vez disponibilizava dinheiro em espécie no Brasil para realização de doações eleitorais. De acordo com a PF, um dos executivos da Odebrecht, em colaboração premiada, afirmou que utilizou o grupo Petrópolis para realizar doações de campanha eleitoral para políticos de outubro de 2008 a junho de 2014. As operações teriam resultado em uma dívida não contabilizada de R$ 120 milhões entre a construtora e o Grupo investigado. Em contrapartida, a Odebrecht investia em negócios da cervejaria.

28 de outubro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: (41) 8713-4418

Correio Paranaense / Jornal do Ônibus

comercial@jornaldoonibusdecuritiba.com.br

Tel. 41 3263-2002

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest