Procuradora foi tirada de audiência de Lula a pedido de Moro

Ex-juiz pediu que outro procurador fosse escalado para interrogar



A força-tarefa da operação Lava Jato excluiu a procuradora Laura Tessler da audiência que ouviu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo do tríplex do Guarujá, após sugestão do então juiz do caso e hoje ministro da Justiça, Sergio Moro. A informação foi revelada hoje pelo colunista da rádio Band News FM, Reinaldo Azevedo, em parceria com o site The Intercept Brasil, que desde o último dia 9, vem divulgando diálogos trocados entre Moro e integrantes da Lava Jato.


De acordo com o colunista, depois que Moro afirmou ao coordenador da Lava Jato, procurador Deltan Dallagnol, em 13 de março de 2017, que Tessler “para inquirição em audiência, ela não vai muito bem”, a procuradora foi substituída por outros integrantes da operação na audiência em que o então juiz tomou o depoimento de Lula. Segundo Azevedo, esse informação contraria declarações dadas pelo ministro em audiência no Senado, ontem.


“Prezado, a colega Laura Tessler de vcs é excelente profissional, mas para inquirição em audiência, ela não vai muito bem. Desculpe dizer isso, mas com discrição, tente dar uns conselhos a ela, para o próprio bem dela. Um treinamento faria bem. Favor manter reservada essa mensagem”, disse Moro na conversa inicial.

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

17 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest