Lula, Palocci e Paulo Bernardo viram réus em nova ação

Ex-presidente e ex-ministros foram denunciados por receber propina


Lula, Palocci e Paulo Bernardo viram réus em nova ação

O juiz Vallisney de Oliveira da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, aceitou nesta quarta, 5, denúncia por corrupção apresentada contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o empresário Marcelo Odebrecht e os ex-ministros Antonio Palocci e Paulo Bernardo.


A investigação também atinge a deputada federal Gleisi Hoffman (PT). Por ter foro privilegiado, ela foi denunciada pela procuradora-geral, Raquel Dodge, por lavagem de dinheiro e corrupção, no valor de R$ 5 milhões, referentes a repasses da empreiteira em 2014. A petista responde pela denúncia perante ao Supremo Tribunal Federal. Para Lula, Palocci, Paulo Bernardo e os delatores, a ação penal corre na Justiça Federal.


Lula e Palocci são acusados de terem acertado o recebimento de R$ 64 milhões em troca do aumento do limite da linha de crédito para exportação de bens e serviços entre Brasil e Angola, em benefício da Construtora Odebrecht. Segundo os autos, a autorização pelo Governo Brasileiro teria sido de US$ 1 bi.

Últimas Notícias