banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

Assembleia vai investigar Barragens no Paraná

Tragédias em Minas Gerais ligaram alerta dos deputados



Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) irá apurar o exercicio da atividade de mineração, problemas socioambientais e as condições e segurança de barragens que possuam reservatórios no território paranaense, em especial, a da Usina Hidrelétrica de Mauá. A CPI da Mineração e das Barragens foi aprovada com as assinaturas de 21 deputados. Ela será composta por sete deputados, com prazo de duração de 120 dias prorrogáveis na forma regimental. Essa é a 2ª CPI instalada na Alep na atual legislatura.

“Segundo a Agência Nacional de Mineração (ANM), hoje, são 368 empresas e 25 prefeituras explorando recursos minerais por 182 cidades do Paraná. Tivemos a informação de que foram mapeados quase 200 pontos de conflitos”, disse o deputado Cobra Repórter (PSD), proponente da CPI à Casa

No foco da CPI proposta, também estão as barragens, represas, lagos e a verificação dos motivos dos baixos níveis dos reservatórios de água. Em fevereiro desse ano, foi apresentado um requerimento solicitando à empresa GTC do Brasil – China Three Georges Corporation – responsável pela Usina de Capivara, situada no Rio Paranapanema .

25 de novembro de 2020

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

Contato

Jornale: edson@jornale.com.br

             redacao@jornale.com.br

WhatsApp: 41.8713-4418

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest