Estudo revela quais são as profissões mais escassas do setor de saúde

A lista de cargos é baseada na porcentagem de vagas não preenchidas no site de empregos após dois meses.

De acordo com os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida no Brasil aumentou em mais de 30 anos desde a década de 1940, chegando a 75,8 anos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que, até 2025, o Brasil terá 40% dos idosos da América Latina e será o sexto país com o maior número de idosos do mundo.

Isso se deve, em parte, à incorporação dos avanços da medicina às políticas públicas de saúde e à maior preocupação dos brasileiros com sua saúde. A tendência se reflete em estatísticas da Associação Brasileira de Franchising (ABF), que aponta que o mercado de produtos e serviços de saúde e bem-estar é cada vez mais promissor – esse segmento cresceu 17% em 2017 em relação ao ano anterior. E segundo o Sebrae, ele representa 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, com faturamento de R$ 300 bilhões por ano.

Esse aumento no número de anos de vida, no entanto, deve ser acompanhado da melhoria e manutenção da saúde e qualidade de vida. Não precisa dizer que os profissionais de saúde estão em alta demanda. Mas não é fácil preencher alguns cargos essenciais no setor. Indeed, o site número 1 de empregos no mundo, reuniu as Profissões de saúde mais difíceis de preencher, com base na porcentagem de vagas ainda em aberto após 60 dias.

Confira a lista abaixo:

Top 10 profissões de saúde mais difíceis de preencher

Cargos que não foram preenchidos por mais de 60 dias

Posição

Profissão

% de vagas que continuaram abertas após 60 dias

1. Nutricionista de produção =14,78%

2. Enfermeiro assistencial = 14,6%

3. Biomédico = 13,46%

4. Técnico de saúde bucal = 12,19%

5. Auxiliar de saúde bucal = 12,01%

6. Psicólogo organizacional = 8,97%

7. Dentista = 8,79%

8. Técnico de enfermagem = 8,58%

9. Auxiliar de coleta = 7,77%

10. Auxiliar de dentista = 7,44%

Fonte: Indeed

“Recrutar talentos que atendam à crescente demanda por diferentes áreas da saúde é um desafio contínuo para as empresas do setor. Oferecer um pacote de benefícios pode ser uma excelente estratégia para atrair e manter esses profissionais desejados. Quanto mais pessoas qualificadas para preencher esses cargos do setor de saúde, mais saudáveis todos seremos”, comenta Felipe Calbucci, Country Manager do Indeed in Brazil.

Sobre o Indeed

Mais pessoas encontram trabalho pelo Indeed do que em qualquer outro lugar. O Indeed é o site de empregos número 1 no mundo e permite que os candidatos busquem milhões de empregos na web ou no celular em mais de 60 países e 28 idiomas. Mais de 200 milhões de pessoas por mês pesquisam empregos, publicam currículos e pesquisam por empresas no Indeed, fonte #1 de contratações externas para milhares de empresas (fontes: SilkRoad e iCIMS). Para mais informações, visite https://www.indeed.com.br/

Publicidade

Últimas Notícias

banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif

20 de Janeiro de 2021

Site de Notícias de Curitiba / Paraná

   CONTATO:

         E-mail: redacao@jornale.com.br

         CEL: (41) 9.9978-9956

Editorias

Editais

Siga Jornale

  • Pinterest
  • Tumblr Jornale